Procurando...

Todos nós nascemos equipados para aprender um idioma. Algumas pessoas demoram mais para aprender, mas em algum momento elas aprendem. Nós temos diferentes tipos de inteligência, um bom professor vai assegurar-se de que o método utilizado dê, a todos os tipos de aprendizes, as chances necessárias de aprender do seu jeito próprio. Algumas pessoas são do tipo visual verbal (aprendem lendo), algumas são do tipo não-verbal/pictórico (aprendem melhor a partir de diagramas e fluxogramas, imagens), algumas são auditivas (aprendem ouvindo), algumas são cinestésicas (aprendem fazendo), essas pessoas têm que fazer alguma coisa enquanto estão estudando, pode ser um desenho ou fazendo anotações. Na verdade estas pessoas são aquelas que aprendem fazendo as coisas, elas saem montando o armário, ao invés de ler as instruções antes. O método tradicional de aprendizado de idiomas privilegia um tipo em detrimento do outro. Por isso alguns alunos são rotulados como maus alunos, ou seja, aqueles “que não têm jeito pra línguas. E agora... QUAL É SEU TIPO?

Linugox
Sunday, May 13

Como aprender um novo idioma sozinho


Se você tem dificuldade para aprender uma língua estrangeira ou acompanhar algum método de ensino, veja algumas dicas para aprender um novo idioma sozinho


Saber falar outros idiomas é importante para quebrar barreiras culturais e, principalmente, para valorizar os seu currículo. Mas, se você não tem facilidade de compreensão e não se adapta a nenhum método de ensino, a melhor opção é tentar estudar sozinho . Você pode sentir muitas dificuldades no começo, mas isso não é motivo para desistência, você precisa tentar.

Confira a seguir algumas dicas práticas para se tornar autodidata em língua estrangeira:

1. Redes sociais 
Mesmo com pouco tempo disponível é possível usar as redes sociais para aprender um novo idioma. Algumas redes sociais permitem que o estudante aprenda mais de 35 idiomas entre cursos gratuitos e pagos. O ponto forte dessa ferramenta é justamente a interação com alunos de diversas nacionalidades.

 
2. Aplicativos
Existem diversos aplicativos que podem ser úteis na hora do estudo. E por estar hospedado no celular, a flexibilidade de tempo para desenvolver o novo idioma é muito maior. Alguns aplicativos oferecem cursos completos e outros apenas um material complementar. Tudo depende do tipo grade curricular que você está procurando.

3. Músicas
música é uma ótima ferramenta para aprender novos idiomas. Além de trabalhar temas cotidianos, ela também apresenta gírias e termos linguísticos de uso local. De acordo com o estudo realizado pelo pesquisador francês Daniel Schön, os estudantes têm mais facilidade para aprender as palavras estrangeiras quando são cantadas do que quando elas aparecem em um discurso normal.

 
4. Livros bilíngues
Com esses livros bilíngues você pode estudar sobre qualquer tema. Eles também são ótimos paraaumentar o seu vocabulário, e aprender novas expressões e tempos verbais. 

5. Cursos online
Os cursos online permitem que o estudante desenvolva seu conhecimento sozinho. Além da disponibilidade de estudar em qualquer lugar ou hora do dia, o aluno também tem a opção de tirar suas dúvidas com seus tutores. 



 
Ir ao TOPO!