Procurando...

Todos nós nascemos equipados para aprender um idioma. Algumas pessoas demoram mais para aprender, mas em algum momento elas aprendem. Nós temos diferentes tipos de inteligência, um bom professor vai assegurar-se de que o método utilizado dê, a todos os tipos de aprendizes, as chances necessárias de aprender do seu jeito próprio. Algumas pessoas são do tipo visual verbal (aprendem lendo), algumas são do tipo não-verbal/pictórico (aprendem melhor a partir de diagramas e fluxogramas, imagens), algumas são auditivas (aprendem ouvindo), algumas são cinestésicas (aprendem fazendo), essas pessoas têm que fazer alguma coisa enquanto estão estudando, pode ser um desenho ou fazendo anotações. Na verdade estas pessoas são aquelas que aprendem fazendo as coisas, elas saem montando o armário, ao invés de ler as instruções antes. O método tradicional de aprendizado de idiomas privilegia um tipo em detrimento do outro. Por isso alguns alunos são rotulados como maus alunos, ou seja, aqueles “que não têm jeito pra línguas. E agora... QUAL É SEU TIPO?

Linugox
Saturday, June 15

Très, Beaucoup, Trop


Na língua francesa, existem duas palavras com o significado de muito. São elas, Très e Beaucoup.

Porém ambas não podem ser usadas no mesmo caso. Leia esse post para descobrir a diferença entre as duas.

Ambas são advérbios, ou palavras que modificam o sentido dos verbos. Porém a diferença é a seguinte:

- Utilizamos très quando queremos amplificar o sentido do objeto do verbo.

Exemplo: Il écrit très bien. (Ele escreve muito bem.)

O muito dessa frase serve para acentuar o valor de bem, para dizer que ele escreve melhor que bem, que ele escreve muito bem. Nesse caso usaríamos o très. Em francês seria, il écrit très bien.


- Já o beaucoup altera o próprio verbo diretamente. Ele tem um sentido de quantidade.

Exemplo: Il mange beaucoup. (Ele come muito.)

Nesse caso, o muito poderia ser substituído por algo como "em grande quantidade".

Para ajudar a diferenciar os dois:

O très é um "muito" invariável no português. É sempre escrito como muito, não importa se mudemos o objeto da frase. Por exemplo: O peixe está muito bom ou A sopa também está muito boa. Mesmo que o objeto tenha mudado para o feminino, o muito continua inalterado.

Já quando no caso de utilizarmos o beaucoup, o muito em português é aquele que concorda com o objeto. Por exemplo: Nós comemos muito peixe e muita sopa. Podemos ver que o segundo "muito" mudou para "muita". Essa é uma das formas mais fáceis de decidir entre qual das duas palavras utilizar em francês.


E agora, para complementar:

No francês, temos também a palavra trop. Ela seria um "muito" no sentido de exagero. Podemos utilizá-la como um beaucoup ou um très aumentados. Substituindo os dois por trop nos exemplos acima teríamos:

- Il écrit trop bien. (Seria algo como: "Ele escreve fenomenalmente". Seria algo muito acima da média.)

- Il mange trop. (Indicaria que a pessoa come uma quantidade enorme, absurda.)


 
Ir ao TOPO!